Página 3

Publicidade

Curso sobre Corrida de Rua ainda tem vagas

Diogo Gamboa e Cláudio Bertolino ministram curso em BC
Diogo Gamboa e Cláudio Bertolino ministram curso em BC

A corrida de rua está em alta, cada vez mais pessoas praticam a modalidade que faz parte do atletismo. Quem rege as corridas de rua são as federações e a Confederação de Atletismo. Mesmo assim ela não tem uma medida determinada como as demais provas, com exceção da maratona, a única homologada no programa olímpico, com 42.145km e a meia maratona com metade do percurso.

O histórico, as técnicas, a prática e a opinião de quem tem experiência no assunto fazem parte do curso Corrida de Rua, que vai acontecer no próximo dia 3, no colégio Vereador Santa, das 9h às 18h. Ele será ministrado por dois especialistas no assunto: os atletas e professores de educação física Diogo Gamboa, de Balneário Camboriú e Cláudio Bertolino, de Londrina.

“A corrida de rua comporta toda distancia, todo percurso, toda altimetria, só muda quando se começa a pensar em recordes”, diz Diogo, que pratica desde os 6 anos, uma paixão que herdou do pai, que atua há 46 anos no atletismo paulista.

Depois de participar de corridas infantis, em 1997 Diogo foi aprovado no programa olímpico da USP para correr longas distâncias, mas por causa de lesões, foi para marcha atlética, onde conseguiu os resultados mais expressivos.

“Estou até hoje, competindo e trabalhando. Até ano passado competia marcha atlética por São José dos Campos, ganhei três Jogos Abertos e quatro vezes fui vice, participei de muitas competições nacionais, depois vim morar em Santa Catarina e há quatro anos estou em Balneário Camboriú”, disse Diogo.

Além de técnico da equipe de rendimento da Fundação Municipal de Esportes, ele representará a cidade em competições nacionais de marcha atlética.

Segundo ele, a expectativa para o curso é profissionalizar um pouco o corredor, para que tenha informações corretas, atuais e verdadeiras sobre corrida de rua.

“Tenho contato com treinadores de várias partes do mundo, consigo trazer referências muito atuais, é bom repassar isso para o corredor profissional e para o iniciante e até para aquele que não corre, mas tem interesse no assunto”, comentou. Por exemplo: é importante que o corredor de rua em Santa Catarina participe sempre de corrida que tem o aval da Federação Catarinense.

Amizades

Diogo assegura que nestes 20 anos de atletismo que tem no currículo seu maior prêmio são as amizades. Tanto que dois amigos, atletas olímpicos, João da Barreira e Zequinha Barbosa gravaram áudios e estão recomendando o curso que vai acontecer em março.

“O Bertolino competiu mundiais, Olimpíada de Atlanta, o Zequinha esteve junto com ele em Atlanta. O João da Barreira mora em Portugal, treina com os melhores do mundo, até esteve palestrando para os meus atletas em aqui em Balneário, então receber esse respaldo deles é muito importante”, finalizou Diogo.

Todos podem?

“Fazer corrida de rua todos podem, desde que seja orientado. Não tem idade, tem gente com mais de 90 anos correndo, mas tem que ter alguém orientando, assessorando, para segurança do atleta”.

Inscrições

Até dia 1 de março, as inscrições podem ser feitas pelo [email protected] telefone (47) 996351564.

Segunda, 19/2/2018 14:57.

Publicidade

Publicidade


Voltar

Publicidade